FreeBSD suportado no Hyper-V

Quote

A Microsoft depois dos já suportados RedHat, CentOS e Suse, agora juntamente com parceiros NetAppCitrix e a própria comunidade FreeBSD, anunciaram na BSDCAN 2012, o suporte para mais um SO Unix no Windows Server Hyper-V, o recém chegado é o FreeBSD.  A Microsoft anunciou que todos os drivers foram desenvolvidos e liberados sob BSD license, permitindo assim a consolidação de VM’S com o FreeBSD 8/+ no Windows Server 2008 R2.

Só ressaltando que as novas versões de Linux, independente do suporte, funcionam em Hyper-V. A Microsoft está colaborando com o Kernel do Linux para que os Integration Services de Linux estejam no Kernel e todas as distribuições façam uso disso. Com isso, qualquer SO Linux com versão de Kernel a partir do 3, já funcionam em Hyper-V .

Agora é aguardar que a Microsoft iniciei o suporte também a Debian e Ubuntu Server.

- Conheça mais o FreeBSD

By Ph4h0k

Fonte.: technet.comfreebsd.org

Introdução ao IPv6

Quote

Curso Introdução ao IPv6 (e-learning)
Bem  galera  como  ficamos sabendo o CGI.br, em sua 4ª Reunião  Ordinária de 2012 , aprovou a  Resolução RES 2012/007/P, onde recomenda que todas as redes nacionais conectadas à Internet  considerem, com a urgência necessária, a implantação do IPv6, até Janeiro 2013.

 

Por que o IPv6 é necessário?
Podemos resumir dizendo que o IPv6 é necessário porque os endereços livres (IP’s) no IPv4 estão se acabando. A IANA redistribui os números para entidades regionais, que por sua vez, fazem o mesmo para entidades nacionais, ou os designam diretamente para usuários finais. No Brasil o NIC.br designa blocos de endereços IP para os usuários finais ou provedores Internet. Entenda-se então que quando os endereços acabarem no IANA, ainda haverá endereços no LACNIC e no NIC.br.

Continue lendo

Troubleshooting no Google…!

Quote

Google divulga valores a pagar para quem descobrir bugs em seu Sistema

O Google divulgou ontem que o Vulnerability Reward Program (Programa de Premiação por Vulnerabilidades) pode pagar até 20 mil dólares para que descobrir alguma falha em seus sistemas. De acordo com a companhia, mais de 460 mil dólares já foram pagos a pessoas que descobriram falhas relevantes no sistema do Google e de seus produtos.

Continue lendo

Saindo dos pesadelos com ponteiros

Quote

Geralmente meio acadêmico da uma explicação de ponteiros deixando todos
enrolados com apenas o básico , O que faz todos desviar do caminho dos ponteiros ,
os poucos que usam são aqueles que tem sido autodidata ou fizeram algum curso,
Bom alguns livros tem exemplos bons de ponteiros como no livro Ansi C do
K&R, entretanto a falta de popularidade de tais dicas torna tal assunto meio obscuro…

*Perguntas frenéticas
Por que usar ponteiros ?
–Desempenho e maior manipulação dos dados
E se eu não usar ?
–Na depuração de códigos STACK é bem complicada comparada com HEAP,
no tratamento de dados gigantes poderá ter algumas Traps Malditas!
freddy
Outro ponto interessante,uma das diferenças de 64bit para 32bit, tanto em
64 como 32 tem 32bit em int , entretanto ponteiro tem 64bit em 64bit e em
32bit tem 32bit, reflita…
Continue lendo

A magia dos bits

Quote

Antes de entender a magia dos bits vamos ver algo leve, claro em
linguagem C , bem como dar uma introdução ao entendimento de bits
e seu funcionamento em variáveis.

Uma variável do tipo “int” tem 4bytes ou seja 32bits

se você faz:

 "int var = 3;"

Então temos:

4bytes = 32bits
cada octeto é um byte
“…00000000 00000000 00000011″

cada casa de número binário contamos como um bit
bit nada mais é que mnemônico para “Binary digiT

Para saber número de bytes de uma variável usamos operador “sizeof(var)
que nos retorna o valor em bytes da variável.
Continue lendo

Sockets em Python

Quote

Sockets são usados para enviar dados através da rede, um exemplo seria enviar um arquivo pelo msn, ou até mesmo as mensagens, nesse tutorial vou criar uma aplicação estilo messenger, cliente – servidor e enviar as mensagens na rede fazendo o uso de sockets.

Um grande erro que alguns programadores comentem é achar que os sockets são da linguagem de programação quando na realidade já são do próprio sistema operacional, precisamos somente saber como usa-los. Como saber um pouco mais sobre socket em qualquer linux é só usar o comando:

$ man socket

Essa é a documentação que te dá uma visão geral sobre o seu uso e suas funções, depois é só adaptar conforme a linguagem de programação que estiver usando.

Primeiro vamos criar o servidor que vai receber as mensagens da nossa aplicação client.
Continue lendo

A Linguagem Dart

Status

Dart – Linguagem programação web

Dart (originalmente denominada Dash) é uma linguagem de script voltada à web desenvolvida pela Google. Ela foi lançada na GOTO Conference 2011,[1] que aconteceu de 10 a 11 de outubro de 2011 em Aarhus, na Dinamarca. O objetivo da linguagem Dart é substituir a JavaScript como a linguagem principal embutida nos navegadores.[2] Programas nesta linguagem podem tanto serem executados em uma máquina virtual quanto compilados para JavaScript.[3]

Continue lendo

Linux em TVs

Status

Canonical anuncia Linux Ubuntu para TVs

A Ubuntu TV é apenas o primeiro passo para o projeto de dominação mundial que a Canonical já havia anunciado meses atrás, e ao que parece a proposta de levar o Ubuntu a todos os dispositivos possíveis é séria. Com o slogan “TV para seres humanos” a proposta é bater de frente com a Apple e o Google, que também pretendem oferecer soluções parecidas. Continue lendo